Eu

Versão curta

Camila Fernandes é escritora, tradutora de livros (inglês>português), preparadora e revisora de textos. Atua como revisora desde 2003, passando a fazer preparação e cotejo de originais em 2011 e tradução em 2012. Durante esse período, fez também trabalhos esporádicos como ilustradora. Presta serviços a editoras e autores independentes. Como escritora, vem participando de coletâneas de contos de fantasia e ficção científica desde 2005. Lançou em 2011 seu primeiro livro solo, Reino das Névoas – contos de fadas para adultos. Desde 2015, é editora da coluna de literatura do site MinasNerds. É revisora da revista Metáfrase.

 

Versão longa

Sou escritora por teimosia, tradutora por persistência, ilustradora por vocação.

Tenho 36 anos. Assino contos, traduções, preparações e revisões como Camila Fernandes. Na ilustração, sou a esporádica Mila F. Gosto de história, viagem, livro, desenho, seriado de TV, gente e bicho. Saí de São Paulo, mas São Paulo não sai de mim. Moro no litoral.

Em 2003, fiz meu primeiro trabalho como preparadora e revisora de textos. Por alguns anos, essa foi uma atividade secundária. Minha profissão principal era a de ilustradora.

De 2005 a 2007, escrevi no blog O Demo Sentado em Meu Ombro e participei dos blogs literários Fábrica de Letras e 7 Erros, hoje extintos.

Desde 2007, sou colaboradora da Confraria dos Miados e Latidos, ONG que resgata, castra e encaminha para adoção gatos e cachorros abandonados em São Paulo e em Nova Friburgo, RJ.

De 2007 a 2008, fui instrutora de Adobe Photoshop e pintura digital na Cadritech. Nas horas vagas, continuava a revisar textos e ilustrar.

De 2008 a 2015, mantive o blog Camila Fernandes, escritora. Continua no ar, mas o melhor do seu conteúdo vem sendo transferido para cá.

De 2009 a 2011, trabalhei como colorista digital na Mauricio de Sousa Produções. Depois disso, voltei a ser preparadora e revisora de textos freelancer.

Desde 2010, sou coautora do blog Bicho da Viagem, cujo nome, espero, fala por si.

Também em 2010, ganhei uma bolsa do ProAC (Programa de Ação Cultural da Secretaria de Estado da Cultura) para publicar o livro Reino das Névoas – contos de fadas para adultos, lançando-o pela Tarja Editorial em 2011.

Em 2012, finalmente fiz minha primeira tradução profissional. Já estava apaixonada.

A partir de 2014, passei a ser coautora dos vídeos do canal Wanderlust e do blog Wanderlust Brasil, com fotos e relatos de viagens.

Ainda em 2014, recebi o primeiro lugar na segunda edição do Concurso Hydra, com o conto A Outra Margem do Rio, integrante de Reino das Névoas. Foi publicado como The Other Bank of the River na revista Orson Scott Card’s InterGalactic Medicine Show, com primorosa tradução de Christopher Kastensmidt.

Ao longo dos anos, publiquei contos em diversas coletâneas:

A Casa dos Loucos (Necrópole – Histórias de Vampiros, Editora Alaúde, 2005);

Entre o Silêncio e o Pó (Necrópole – Histórias de Fantasmas, Editora Alaúde, 2006);

Lâminas do Tarô (Visões de São Paulo, Tarja Editorial, 2006);

O Empório da Boa Fortuna (Necrópole – Histórias de Bruxaria, Editora Alaúde, 2008);

Aqui Há Monstros (Paradigmas – volume I, Tarja Editorial, 2009);

A Boa Senhora de Covent Garden (Paradigmas – volume II, Tarja Editorial, 2009);

Vestido Cor-de-Rosa (Extraneus – Quase Inocentes, Editora Estronho, 2010);

Berço Esplêndido (Paradigmas III, 2009, e Paradigmas Definitivos, Tarja Editorial, 2012);

A Melhor Trepada da Cidade (Erótica Fantástica, Editora Draco, 2012);

A Melhor das Três (Bestiário – volume II, Editora Ornitorrinco, 2013),

The Other Bank of the River (Orson Scott Card’s InterGalactic Medicine Show, 2014).

Vem mais por aí. Está demorando, mas vem.

Desde outubro de 2015 sou editora da coluna de literatura do site MinasNerds.

Em fevereiro de 2017 passei a integrar a equipe da Metáfrase, a revista da Abrates, como revisora de textos.

Se quiser conhecer meu portfólio de ilustrações, clique aqui.

Se quiser falar comigo, escreva para: milaf.autora@gmail.com.

Se quiser só ler, fique à vontade.

19 comentários sobre “Eu

  1. Camila, oi novamente! É a tatiani do RS, da dança tribal. Tentei ver as tuas ilustrações mas não consegui. Escrevi uma historinha infantil para a minha filha mais nova e estou pensando em ilustração, mas… outro dia conversamos!

    • Oi, Marina! Muito obrigada, que bom que gostou. Já vi que você também é capista… vou correndo visitar seu portfólio!

  2. Oi Camila,

    li um texto seu no Contos Fantasticos, “A Encantadora”, li o outro “A Ninhada”, e li alguns em seu site. Bem, so nao deixei meus comentarios la no site porque nao registrado, porem nao queria deixar de dar parabens, pois realmente fiquei muito impressionado com a forma que voce escreve. Se me permite, gostaria de citar pontos que me deixaram “Wow”.

    O primeiro ponto foi pela forma de sua tecnica. Voce consegue fazer descricoes extremamente fluidas. Suas descricoes e pontuacoes foram perfeitas.

    Segundo, as palavras que voce utiliza, sejam contemporaneas ou fantasticas, foram excelentes. No “A Encantadora” tornaram o conto fantastico sem ser piegas. Muitos autores que li acabam querendo utilizar “linguagem adequada”, como eles mesmos falam, mas no fim se tornam cansativos e, de certa forma, pretensiosos. Nos contos eroticos que voce escreveu achei as descricoes bem feitas, ao mesmo tempo que tornou o texto “hot”, nao ficou nada vulgar, como vejo em outros autores. Particularmente adorei os textos “A mulher tatuada” e “Para amar uma ruiva”.

    Por fim, sua narrativa é muito boa. Voce conseguiu criar um excelente equilibrio entre narracao e o suspense, dando informacoes ao leitor adequadamente, fazendo ele se preparar para o final, sem entregar o clima, assim, evitando em criar um “punch line” chato, tambem muito comum na maioria dos contos por ae.

    Sobre sua criatividade nao preciso falar nada.

    Peco desculpas por falar demais, ficar analisando seu texto, ou mesmo por criar comparacoes, mas é que realmente tenho visto pouco do que foi feito em portugues tao bem feito como seus textos. Espero ler mais dos seus textos no Contos.

    Abracos,

    Daniel

    • Oi, Daniel!

      Uau! Por favor, não se desculpe. Fazia tempo que eu não recebia comentários como esses. Fiquei surpresa e feliz. Espero que o restante do site também consiga prender o seu interesse. Muito obrigada pela visita e pelas palavras!

      Beijos.

  3. Bom dia Camila;
    Feito um curioso, visitei sua pagina na internet, achei você bastante simpatica( de nada!, se estiver querendo me agradecer).
    Quanto a revisão literaria da qual me referia, é que sou engenheiro civil, embora não exerça a profissão, mas ainda assim, minha formação é area 1, então, o primeiro livro pode dar margem a insegurança. A parte literaria seria mais para fazer uma critica; tipo assim:- Esqueça isto!Por favor, não escreva mais! ( e o pior é que comecei escrerver outro livro)
    Então a parte literaria era simplesmente, ter uma visão critica do trabalho ou de parte dele.Mas se você não puder me ajudar, neste quesito, não tem problema!
    Façamos, então, a parte ortografica e de melhoramento em alguns trechos, por ventura, confusos.
    O livro é um pouco de como vejo o mundo, apesar de não me identificar em alguns itens com o personagem principal, pois o livro conta a historia de um filho de uma puta honesto; sou honesto, mas não sou um filho…
    Enviarei em breve um trecho do livro para você avaliar de forma justa o preço do serviço de revisão.
    Não abusando da minha parcimonia, por certo acho que foi de grande valor o nosso contato, pois projetos são inumeros, em todas as areas. E sempre é bom conhecer pessoas honestas e de bem com a vida como você me faz pensar em relação a você.
    Obrigado, em breve segue o email.

    Sergio sufi

  4. Oi, so estou escrevendo pare dizer que, apesar de não ter tido a aportunidade de ver suas ilustrações ao vivo, mas do que eu pude ver no seu ótimo site acho muito boas e criativas. Parabéns!
    P.S.É que eu não tenho lido livros de anos(a não ser científicos), mas já li alguns em minha vida e sei que uma boa leitura pode ser útil.

  5. Conheço seu trabalho a pouco tempo, gosto a muito, adimiro a mais ainda e hj, jah se tornou un vicio.
    Um viciio ki naun se cura, naun se ker curar, nein merece ser curado, apenas un ki deve ser levado para o resto da vida.
    A cada palavra lida, um novo sentimento mi invade, a cada paragrafo, uma nova esperiencia e a cada final un novo misterio na vida..
    Aprendi e a ainda aprendo a cada vizita ao seu site, espero continuar aprendendoo ..

    Realmente te adoro, Bjiinhus

    • Oi, Dayana,
      Fico muito feliz que suas visitas ao meu blog estejam sendo prazerosas. Obrigada!
      Beijos.

  6. oi camila só passei para dizer que estou lendo seu livro de conto de fada para adultos.O reino das névoas e estou gostando muito! Também das ilustrações .Parabéns.

  7. Vi extrema poesia em sua prosa, e belas estruturas acertadamente escorregadas para seus parágrafos. Tece belos textos, senhorita! Acompanharei mais seu trabalho!

    Espero que você possa conhecer minhas palavras algum dia, também! Ficaria extremamente feliz em saber que visitou meu blog.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s