Paella vegetariana

Fiz hoje pela primeira vez e gostei do resultado. Como acertar um prato é um verdadeiro acontecimento nesta casa, registrei a obra e a receita. Para quem se interessar, segue abaixo.

 

DSC_0952-pequena

Se o desfoque das bordas te incomoda, saiba que é só para desviar sua atenção do fogão sujo. 😛

 

Primeiramente, existem muitas formas de fazer paella, assim como existem muitos modos de preparar arroz. Mesmo que a sua receita se restrinja a ingredientes vegetarianos. Como a vegetariana já é em si uma variação, não uma tradição, o prato é seu e você pode colocar os legumes que quiser: frescos, desidratados ou em conserva. O importante é enriquecer a paella com sabores e texturas diferentes. Já vi até quem sugerisse usar leite e algas japonesas desidratadas. Consultei algumas receitas na internet, umas mais complexas, outras mais simples, com modos de fazer variados, peguei o que tinha em casa e cheguei ao “meu” jeito.

Segundamente, vamos ao que interessa.

1 copo de arroz integral
3 copos de água
1/2 cebola picada
1/3 de uma berinjela grande cortada em cubos
1/3 de uma abobrinha grande cortada em cubos
1/3 de um pimentão vermelho cortado em cubos
1 tomate italiano cortado em cubos
1 punhado de lentilha
1 punhado de feijão branco grande
1 punhado de cogumelo paris fatiado em conserva (pode ser o fresco também)
1 colher de sopa de açafrão em pó (pode ser açafrão-da-terra)
sal a gosto
azeite a dar com pau (ou “quanto baste”, se você for elegante)

Por que esse monte de terços?, você pode perguntar. Se já preparou alguma coisa com abobrinha, berinjela ou pimentão, sabe que esses vegetais rendem muito mais do que a gente espera. Cheguei a picar mais que isso e não consegui usar tudo! Vá por mim, quantidades pequenas é mais seguro. Afinal, são vários ingredientes.

Ferva 2 copos de água numa panela. Acrescente o arroz, a lentilha, o sal e o açafrão e cozinhe em fogo médio. Mexa de vez em quando. (Aqui coloquei também o feijão branco hidratado, mas ele ficou um pouco duro; se quiser usar o feijão é melhor cozinhá-lo previamente.) Desligue antes de ficar totalmente seco.

Aqueça uma paellera (no meu caso foi uma frigideira bem grande), ponha uma dose generosa de azeite e refogue a cebola. Acrescente o pimentão picado, a abobrinha, a berinjela (fiz nessa ordem mesmo) e deixe refogar até “murchar” um pouco. Por último, o tomate, que é mais molinho. Sal à vontade (lembrando que o arroz já está salgado).

Coloque o arroz da panela com os outros ingredientes na paellera ou frigideira. Misture, acrescente 1 copo de água quente (aquele terceiro da lista de ingredientes) e deixe cozinhar em fogo médio.

Toque pessoal: enquanto a mistura toda cozinhava, arrumei uma parte do pimentão e do tomate que havia cortado em tirinhas por cima da paella, como enfeite. Algumas receitas sugerem isso. Nessa hora coloquei também os cogumelos. Pode afundar essas coisas um pouco com uma colher ou escumadeira para que peguem o sabor do resto do cozido. Um último fio de azeite por cima de tudo fica bom também.

Fique de olho. Tá com a cara boa? Tá cremosinho, não muito seco nem muito molhado? Desligue o fogo. Coma. Lamba os beiços!

Tempo de preparo: 40 minutos.

Serve: 3-4 pessoas (ou duas muito comilonas).

DSC_0954-pequena

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s