Guarda-roupa cheio? Desapegue! Vai lhe fazer um bem que você nem imagina.

A Luciana Minuzzi me pediu dicas de como desapegar do excesso de roupas e imaginei um sisteminha. Ela gostou e sugeriu que eu compartilhasse com mais gente. Aqui está, para quem se interessar.
 
Não sou profissional de moda nem nada relacionado. Mas, no final de 2013, fiz um expurgo muito funcional no meu armário. Dei cerca de dois terços de tudo o que tinha, guardei só umas peças queridinhas demais na casa de uma parente, botei as básicas que sobraram numa mochila e fui viajar. Foi uma delícia. Percebi que precisava de pouca roupa para viver bem (e com estilo). Até hoje, mantenho pouca coisa. Maridoffmann e eu dividimos tranquilamente um guarda-roupa de três portas, onde ainda guardamos roupa de cama, uma mala e uns HDs externos.
 
Mas como desapegar? Sistema que sugiro:
 
Separe as peças em dois grupos.
Grupo 1: coisas práticas para usar no dia a dia.
Grupo 2: coisas que você só usa em ocasiões especiais, como festas, eventos formais, etc.
 
No grupo 2, repare se você tem muito mais peças do que eventos nos quais usá-las (rs!). Se a resposta for sim, pegue aquelas com as quais você se sente menos confortável, por mais lindas que sejam, e mande embora.
 
No grupo 1, repare se há peças que têm tudo para serem usadas, mas que, por alguma razão qualquer, você nunca ou quase nunca veste. Se a peça for do tipo “só fica boa com calça assim-assado, e, como eu só tenho uma calça assim-assado, quase não uso”, mande embora. Se for do tipo “comprei há três anos, mas tô esperando emagrecer um quilo para poder usar”, mande embora. Se estiver muito gasta e você puder substituir por outras que já tenha e cumpram as mesmas funções, mande embora. Se for “bonitinha, mas sei lá”, mande embora. Rs!
 
Se ainda estiver na dúvida e com dó de passar adiante, separe as roupas que deveriam ir embora num lado do guarda-roupa, guarde o que se salvou na triagem do outro lado e fique usando só o que está deste outro lado por, digamos, seis meses. Dá tempo de usar roupas de frio e calor.
 
Se nesses seis meses as roupas separadas não tiverem feito a menor falta, é sinal de que você não precisa delas. Mande tudo embora, pois com certeza há quem esteja precisando. 🙂
Anúncios

2 comentários sobre “Guarda-roupa cheio? Desapegue! Vai lhe fazer um bem que você nem imagina.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s