Meu corpo, meu território, minha lei.

Um texto inspirado, inspirador e LEGÍTIMO.

Cris Lasaitis

Nenhum artigo, inciso ou portaria pode alterar minha atitude de soberania sobre o que me pertence por natureza. Não sou especialista em direito, mas sei que nem tudo o que é legal é legítimo. E não existe outra lei sobre o corpo a não ser aquela que vigora nas fronteiras das minhas entranhas.

Percebo que é egoísta falar por mim com tanta segurança, enquanto a maioria das mulheres deste país detêm menos poder sobre suas vidas e menor autonomia sobre si mesmas. Gostaria de transferir-lhes minha convicção, mas só posso oferecer minha intransigente e sincera sororidade: serei sempre irmã e parceira de outras mulheres na guerra pela defesa desse território objeto de tão raivosas disputas e regulações – os nossos corpos. (É claro que a defesa é de todos que têm um corpo em litígio. Por falo sobre as mulheres, para as mulheres e pelas mulheres principalmente).

O direito total…

Ver o post original 232 mais palavras

Anúncios
Sem categoria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s