Estranhezas de aborrecente

Desabafo agora, gente.

Vocês que são adolescentes hoje não sabem a sorte que têm porque existe INTERNET. Queria que tivesse isso quando EU era aborrecente.

Se existisse internet, eu não teria sido menos esquisita, claro. Mas teria companhia na esquisitice. Saberia que “comum” e “normal” podem ser coisas diferentes. Isso conta muito.

Se você é da turma que não me acha nada estranha e sim superlegal e de boas (ok, forcei a amizade agora), saiba que há muitos tipos de estranheza. Nem todos saltam aos olhos. E, quando você não conhece ninguém com quem possa conversar sobre o que pensa e sente sem um revirar de olhos ou uma careta horrorizada, o isolamento só faz acentuar toda a esquisitice.

É muito incômodo para uma pessoa extrovertida passar tantos anos meio que reclusa, sentindo-se anormal demais pros outros.

Hoje existem fóruns online, grupos de apoio, sites informativos. Naquela época, imagino quantas pessoas “esquisitas” fizeram uma besteira por falta de apoio e informação. Aproveitem. Eu, adolescente de 33 anos, tô me esbaldando.

(Tá, a rigor JÁ EXISTIA internet. Só que quase ninguém tinha. Eu estudava em escola pública e NENHUM dos meus colegas de classe tinha. Povo não tinha nem computador, imagina internet. Só eu e mais um carinha no colegial, hoje ensino médio, tínhamos computador em casa. Era como se fôssemos os “riquinhos” da sala.)

Adendo: 

Não é que eu ache que é fácil ser um introvertido, mesmo na era da internet. Não é isso. Mas é diferente. Não sou introvertida, nunca fui e não posso falar pelas pessoas que são. Pelo que tenho lido e conversado, acredito que elas precisem de estímulos sociais diferentes, ou talvez de uma quantidade diferente de estímulos sociais. Já gente extrovertida gosta de falar (e ouvir também, não se enganem). Elas gostam da troca constante de impressões, informações, piadinhas. A troca as tranquiliza, alivia as tensões, renova até a disposição. Mesmo que se trate de pessoas extrovertidas E seletivas. Eu me acho seletiva. Não considero fácil nem interessante conversar com qualquer um, mas geralmente sou muito aberta a aproximações e gosto de me rodear de pessoas com papo interessante. Na web, achei muita gente assim. E algumas dessas pessoas passaram a fazer parte da minha vida fora da web também.
Adendo 2:
Eu não tinha internet, mas tinha pen pals. Para arranjar amizades, coloquei um anúncio em uma revista de música, a extinta Rock Brigade. Na época, descarregava parte da minha tensão no heavy metal, além do desenho, leitura e escrita, e falar com outros roqueiros era divertido. Conheci muita gente legal. Passava tardes inteiras escrevendo cartas. Mas a carta não tem o imediatismo e a espontaneidade das interações online. Acabava sendo um experimento muito calculado, pelo menos pra mim. E eu morria de nervoso de conhecer as pessoas pessoalmente. Gozado, isso: uma extrovertida com ansiedade social. Pra dizer a verdade, até hoje tenho um pouco. Receio assustar as pessoas com o volume da minha risada. XD
Anúncios

Um comentário sobre “Estranhezas de aborrecente

  1. Rs, eu realmente me identifiquei com o texto e com as situações. Oscilo entre ser intovertida e extrovertida, preciso me sentir segura no ambiente. De qualquer maneira, sempre fui a esquisita e deslocada, talvez ainda seja. As situações de estranhamento são comuns na minha vida, acho que já até me acostumei com os olhos arregalados dos outros. A internet foi meu primeiro contato com pessoas diferentes, com um mundo maior do que aquele no qual eu vivia confinada para me proteger. Antes eu amava enviar e receber cartas, era muito divertido! Os adolescentes de agora não têm noção do que era ser adolescente na nossa época, assim como não conseguimos nos imaginar na época dos nossos pais, rs!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s