Amor é quando…

Ontem foi Dia dos Namorados no Brasil. Não costumo ligar para a data, mas, só para não passar totalmente em branco, segue uma pequena anedota:

Ele ouvindo uma playlist fera de rock feminino. De repente, rola um som não identificado e você começa a perguntar o que é. Só que você pergunta em inglês, usando um sotaque britânico zoado, com todas as gírias e xingamentos que conhece. Em vez de achar esquisito, ele responde sem titubear no mesmíssimo tom. A conversa de doido ainda dura uns minutos.

Amor: quando você nunca é besta demais pro gosto de quem está ao seu lado.

 
Anúncios

2 comentários sobre “Amor é quando…

  1. Por essas e outras que quando dou umas surtadas aqui em casa e o meu marido sequer muda a expressão do rosto é que percebo que pra quem ama o ser amado nunca é maluco o suficiente para precisar ser internado num hospício xDDD

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s