A Encantadora entre Contos Fantásticos!

Afonso Luiz Pereira gentilmente publicou meu conto A Encantadora em seu site Contos Fantásticos. Vejam a resenha que esse espaço virtual faz ao texto:

Em tempos idos, numa pacata vila, mulher nutre uma paixão arrebatadora por um homem desconhecido. De início a relação vai muito bem, mas no decorrer dos anos, depois de casados, ele começa a se interessar por outras moças, as quais passam a intimidar seriamente a estabilidade do casal. Diante da iminência de perder seu grande amor, a esposa, entendida nas artes ocultas da magia negra, se apropria de objetos pessoais das rivais e passa a “eliminar” discretamente a concorrência. Camila Fernandes, em narrativa limpa e bem estruturada, deixa o seu recado de estréia [no site], com muita competência, por estas paragens literárias.

Valeu, Afonso! Pela publicação, pelas palavras e pelo trabalho de divulgação literária. Para quem ainda não conhece o conto, é uma boa chance de lê-lo. Para quem já conhece, é um ótimo momento para navegar pelo site e ler os Contos Fantásticos de diversos autores. 😉

Anúncios

10 comentários sobre “A Encantadora entre Contos Fantásticos!

  1. Camila, eu é que tenho de agradecer a oportunidade, viu? Contos Fantásticos, assim como outros tantos na Internet, tem como objetivo divulgar a literatura fantástica. Gerencio o site por hobby, gosto de escrever, claro, mas sei que tenho muito que aprender. Depois que começei a ler as dezenas de textos para publicar lá no site é que percebi, escrutinando com olhar crítico os vários estilos dos diversos autores, o longo caminho ainda a percorrer! Mas não tenho pressa! Vou devagar e sempre. Estou de olho em outros contos teus porque com eles também aprendo um pouquinho!

    Grande abraço!

  2. Camila,

    Não sei se você foi influenciada filme do “Anticristo” do Lars Von Triers ou se o Lars foi influenciado pelos seus contos para fazer este filme.. 🙂

    Seu conto é pertubador, de um erotismo sombrio e tem um pézinho na mitologia grega né ? Aquela princesa lá do distante Reino da Cólquida já tinha ensinado ao Argonauta Jasão que nem o Inferno conheçe fúria igual ao de uma mulher desprezada..

    sem dúvida alguma você é a autora de fantasia e ficção da nova safra que melhor expõem o universo feminino com toda a força e complexidade que ele tem. Mulher, sexo frágil ? Eita chavãozinho desgastado !

    Parabéns, você escreve como desenha: traços fortes, precisos e sempre pertubadora.

    Espero ler muito mais ainda de você,

    • Oi, Jorge!

      Assim você me deixa encabulada, rs…

      Ainda não vi esse filme, mas agora você me deixou curiosa. Escrevi esse conto já tem uns 3 anos, se não mais. E confesso que não pensei na Circe, mas sua comparação foi perfeita!

      O problema da maioria das mulheres é se entregar completamente ao amado, às vezes anulando a própria individualidade, e esperar que os homens as amem na mesma medida e com o mesmo grau de sacrifício. Daí, quando traídas, não se trata apenas de um par de chifres, mas de todo um projeto de vida que desmorona! É aí que elas matam as rivais, transformam os homens em porcos ou mutilam-lhes os membros… rs!

      Muito obrigada pelas palavras.

      Beijos encabulados. 🙂

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s