Perfeita

um microconto
blaublau copy

Eu teria perdoado sua beleza, não fosse sua inteligência. Poderia ignorar sua inteligência, não fosse sua beleza. Poderia esquecer a ambas, não fossem seus múltiplos talentos. E a estes eu até faria vista grossa, não fosse sua personalidade bondosa, vibrante e magnética, capaz de se compadecer sem arrasar-se, amar sem perder-se, doar sem esvair-se, iluminar tudo à sua volta sem esgotar o próprio brilho.

Eu teria perdoado qualquer dessas coisas. Mas não todas elas juntas. Era pedir demais.

Por isso, depois de finalmente arrastá-la para a cama e copular por horas, apertei com força a echarpe de seda em torno do seu pescoço até ela parar de se debater.

Foi melhor assim. O mundo não estava pronto para ela.

Nem eu.

Montagem com fotografias de Julian K e Lisa Fanucchi.

Anúncios

34 comentários sobre “Perfeita

  1. Opa, Mila. Curti MUITO.

    Direto ao ponto. Ao fundo do cerebelo de uma pessoa transtornada. A perfeição assusta. Faz sentido, mesmo que doentio.

    Drama muito bem resolvido. Tá de parabéns.

    P.S.: Eu só substituiria a palavra “copulando” por “amando”, que daria mais profundidade à contradição do final. Pitaco, sacumé.

    Beijos,
    Alê

  2. O que eu achei mais bacana foi o copulando. Com uma palavra vc conseguiu criar todo um estranhamento sobre o protagonista. Deslocou sem deslocar da realidade, se é que vc me entende! Muito bem escrito! Baci!

    • Eric, “copular” pra mim é uma palavra fria, como se o ato fosse mais uma obrigação do que um prazer. No caso, um jeito metódico de o assassino pré-liquidar a vítima, tornando-a vulnerável pela confiança conquistada na transa. Que bom que gostou. Obrigada!

  3. Amei, Cam!!!
    Parabéns!! Fiquei arrepiada!
    E, cá entre nós, rezo para que um dia eu aprenda a amar sem perder-me! rsrsrsrs
    bjs

  4. Wow! Uma voadora direto no cérebro! Curto e delicado e cruel no final… gostei! Tenho que tomar mais cuidado com minhas rotinas de auto-perfeição, vai que alguém queria puxar o fio da tomada dessa IA aqui… =P

  5. Oi, Mila!
    É exatamente isso o que eu tenho que fazer às vezes, com minha “mocinha perfeita” interna, pra conseguir funcionar. 😀
    Adorei o conto!

    Beijocas e tô de volta.
    -Sté

  6. Adorei!
    Descobri seu blog através do site Contos Fantásticos aonde publicaram “A Encantadora”, que por sinal adorei também.
    Adorei esse do post também e gostei do uso de “copulando” pelo motivo que você mesma usou, por ser frio e dar uma impressão que o ato do sexo era mais uma obrigação. E o que o fato de matar a perfeita não seria tão doloroso.
    Está de parabéns! =D

  7. Nossa, achei seu blog por acaso nas minhas viagens sem rumo pela internet e amei esse conto. Perfeito. Parabéns!

  8. liindo …
    foi o primeiro conto seu ki eu li e hj mi vejo impenotizada lento a todo tempo, varias i varias vezes ..
    “Foi melhor assim. O mundo não estava pronto para ela.”

    Mila..

    Vc torna a minhas noites, mais ki minhas noites a minha vida, bem mais interessante .. Obrigada.

    [/ Robinhu, pena ki vc naun usa echarpe se naun jah estava morto.. pois naun estou pronta pra vc

    • Oi, Dayana, fico feliz que esteja curtindo os textos. Também fico feliz que o “Robinhu” não use echarpe, pois acho que ele prefere ficar fora disso, né? 😉

  9. Achoo kii vo dar uma de presente pra elle, seriia a solução dos meus problemas…
    Ou posso fazer como o ‘Eu, assasino’ e matar coum as mãos mesmo, economizariia dinheiro pelomenos.

    • Ao indicar blogues, é legal fornecer o endereço, Clara. Assim, basta a pessoa clicar nos links que já vai parar nos blogues.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s